Yoga com Liana

O ar entra, o ar sai...

 

Respirar. 

Imagine: Estamos na barriga de nossa mãe. A plenitude. A mãe é nosso universo provedor. 

Nascemos. Somos “um”. Inspiramos o ar pela primeira vez. 

Nosso primeiro ato é instalar um fluxo respiratório. 

O bebê deve surpreender-se com tamanha mudança e a necessidade de relacionar-se com uma atmosfera participando de suas células. 

Quando encerramos nossa vida nesse planeta, o ponto final é dado por uma última expiração. 

Enquanto vivos respiramos. 

Simples? 

Sim e não. 

Respirar é um ato contínuo que também expressa nossas emoções. Respirar com a completa utilização do aparelho respiratório nos mantém eretos, alinhados, saudáveis e no domínio de nossas emoções. Respirar utilizando parte de nosso potencial, ou entregues a emoções variadas, pode moldar um corpo nem sempre confortável de se habitar. 

Inspirar é encher o pulmão de ar. 

Expirar é esvaziar o pulmão desse ar. 

Inspira-se como se estivéssemos enchendo um copo de água: De baixo para cima. 

A inspiração deve nos dar a sensação de se iniciar em nossos órgãos sexuais e subir até a cabeça. Uma expansão semelhante ao encher um balão de ar – para todos os lados, completando a forma do tórax. 

A expiração é deixar o ar sair com a compressão do diafragma até onde se possa ir sem desconforto, conhecendo assim o vazio. 

Coloque suas mãos sobre a barriga e respire sob elas. Sinta o ar expandindo e esvaziando essa região. Dê espaço dentro de si para suas vísceras. Essa é a respiração baixa. 

Agora toque suas costelas. Respire sentindo essa região. Suas costelas se afastam quando o ar entra e aproximam-se quando o ar sai. Temos a respiração média. 

Encontre suas clavículas - esses ossos longos e horizontais no alto do tórax. Elas se movem à medida que o ar entra e sai. Essa é a respiração alta. 

A respiração completa é formada por essas três etapas, nessa seqüência e pelo uso do diafragma. 

Inspiração: Baixa – média – alta 

Expiração: Alta – média – baixa 

Respirar é como encher e esvaziar um copo de água. 

Respirar com sabedoria, consciência e ritmo é a porta de entrada para todo o trabalho de correção. 

Respire. 

O ar entra, o ar sai...

Yoga com Liana / Respiração / Posturas /  Relaxamento / Meditação / Filosofia  / Saúde / Botafogo / Rio de Janeiro / RJ

fotografias e webdesign por www.marcosvianna.com